Saúdo ao PCP no 100 aniversario da súa fundación

Recebam os cumprimentos do Comité Central da UPG com motivo dos 100 anos de fundação do seu partido, que comemoram o próximo 6 de março.

Consideramos que a comemoração do Centenário do Partido Comunista Português demonstra que vocês são ferramenta fundamental da classe trabalhadora e do povo português; ferramenta construída pela firmeza de uma  militancia que ao longo destes 100 anos conseguiu superar todos os obstáculos: de resistir a ditadura  fascista mantendo-se 48 anos na clandestinidade sem deixar de lutar pese à perseguição, a tortura e o assassinato. O PCP foi uma peça fundamental do processo que propiciou a Revolução de Abril e na defesa das suas conquistas, e no momento actual encabeçando a luta da classe trabalhadora e do conjunto das classes populares, na defesa da soberania nacional e contra a exploração e a perda de direitos pelos ataques do sistema capitalista, agora maiores fazendo uso das consequências da  covid-19 como escusa.

Queremos destacar também a firmeza do PCP na necessidade de manter a identidade comunista.  Partindo desta, cada partido deve definir o caminho a seguir em base à análise da sua realidade nacional e do nível de consciência da sua classe trabalhadora e do conjunto das classes populares. Concordamos com vocês em que esse é o melhor modo de trabalharmos para o fortalecimento do movimento comunista e revolucionário internacional e à luta comum anti- imperialista e pela emancipação social e nacional de todos os povos.

Animámo-los a prosseguir com força na luta pelo fortalecimento da alternativa patriótica e de esquerda para Portugal, como caminho para construção de um futuro socialista.

Desejamos-lhes uma exitosa comemoração com a realização por todo o país da iniciativa «100 anos, 100 acções» no próprio dia do Centenário, iniciativa que leva à rua mais uma vez o compromisso do PCP com a luta pela melhora das condições de vida do povo e a justiça social.